A SIG, fornecedora de sistemas e soluções de embalagens cartonadas assépticas, conseguiu a certificação ASI (Aluminum Stewardship Initiative) e a certificação de Cadeia de Custódia (CoC) da ASI para sua produção local no Brasil, na cidade de Campo Largo, Paraná. A empresa é a primeira a obter esta certificação no setor de embalagens no Brasil, também tendo outras certificações para matérias-primas chave como papelão (FSCTM) e polímeros (ISCC Plus), se tornando uma pioneira no setor e reforçando a estratégia de se tornar uma empresa com impacto positivo.

A empresa oferece aos seus clientes novas maneiras de demonstrar seu compromisso com as embalagens responsáveis. Conseguir a certificação ASI no Brasil é outro passo importante em direção à meta da SIG de obter 100% dos seus materiais principais de fontes certificadas.

“A empresa já seguia critérios restritos na sua cadeia de produção e, a partir de agora, nossos consumidores e clientes terão a garantia desse compromisso da SIG. Esse é um passo importante para os negócios e para o setor em que valorizamos a sociedade e o meio ambiente ainda mais”, diz Isabela De Marchi, Gerente de Sustentabilidade para América do Sul da SIG.

A ASI é uma organização global de certificação e definição de padrões, com múltiplas partes interessadas e sem fins lucrativos. Ela trabalha em busca da produção, abastecimento e administração responsável de alumínio seguindo uma abordagem de toda a cadeia de valor. Para esse fim, a ASI lançou o seu Performance Standard (Padrão de Desempenho), que aborda questões envolvendo as áreas social, meio ambiente e governança e Padrão de Cadeia de Custódia, que tem como foco o fluxo do alumínio desde a extração da bauxita até o produto final, verificando as práticas em etapas sucessivas da cadeia de abastecimento. Para Isabela, “essa conquista reforça nossa posição e maior competitividade no mercado”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *