Projetado para ser usado por transformadores da indústria plástica, o Hyperform HPN 909ei, mais recente aditivo de alto desempenho da Divisão Química da Milliken & Company para homopolímeros de polipropileno (PP), oferece um excelente equilíbrio de propriedades física e estética, pois tem uma formulação química mais sustentável. Lançado globalmente, o novo aditivo já está disponível para o mercado brasileiro.

Sua formulação também traz um aspecto importante para garantir a segurança dos alimentos acondicionados nas embalagens. Adaptado especificamente para minimizar a migração do aditivo, especialmente no contato com alimentos, o HPN 909ei tem um Limite de Migração Específico (SML) mais favorável que os produtos da geração anterior da família HPN. “Um número menor de SMLs significa que há uma substância a menos que deve ser monitorada e testada, o que exige menor controle dos clientes”, explica Rodrigo Silva, gerente da Milliken. Com essa simplificação, a garantia de segurança é ainda mais forte. Isso é vital, visto que estes grades de resina PP são normalmente utilizados para moldar copos e tampas de bebidas, embalagens de alimentos, bandejas, entre outras superfícies plásticas.

Via de regra, os nucleantes tradicionais exigem o sacrifício de resistência ao impacto para se obter maior rigidez. O Hyperform HPN 909ei, no entanto, oferece maior rigidez (módulo de flexão) enquanto mantém o desempenho de impacto. Ele também fornece encolhimento isotrópico (encolhimento semelhante em ambas as direções, reduzindo assim o empenamento) otimizado, e uma temperatura de deflexão ao calor mais alta, que traz uma resistência térmica aprimorada, vital para aplicações de envase a quente (“hot-fill”) e microondas. Entre outras vantagens, também ajuda a substituir os efeitos de nucleação dos pigmentos, reduzindo assim a complexidade do projeto.

O HPN 909ei também tem excepcional desempenho quanto a propriedades ópticas da peça produzida, graças a uma otimização de “haze” e redução ainda maior dos níveis de amarelamento, o que traz uma aparência geral mais “clean” e transparente aos produtos finais. Silva destaca as embalagens de comidas porcionadas expostas nas gôndolas e refrigeradores dos supermercados. “O consumidor quer ver o que está consumindo, isso traz maior segurança”, diz.

Ainda segundo o executivo, tais características potencializam ainda mais a pegada sustentável do HPN-909ei, permitindo que os transformadores substituam outras resinas em várias aplicações por polipropileno altamente reciclável, com sua baixa pegada de carbono geral.

Fonte: https://embalagemmarca.com.br/2021/02/milliken-lanca-aditivo-sustentavel-para-aplicacoes-em-embalagens-termoformadas/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *